Pesquisar

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Cool Speech: Lost, by Os Simpsons

Análise de Lost, ops Encalhados - by Os Simpsons
lavando a alma dos trouxas - como eu - que passaram seis anos de suas vidas tentando decifrar o que não existia. 
Aviso para quem pensa em assistir a série: o fim é uma bomba grande e sem nexo, mais parecido com fim de novela do Manoel Carlos. Os roteiristas, que se fingiam gênios, não passavam de retardados que não tinham a mínima noção do que estvam fazendo. 

"Quer saber o que acontece nessa série estúpida?
1º, a "ilha misteriosa" fica a 15 km de Long Beach.

 Também, a Porta 3 evava pro inferno, 
Apesar dos criadores
terem insistido, acabou não levando
e todo o universo da série é um pedaço de cascalho em uma caixa de areia cósmica!"

Marge Simpson,
episódio 18 da 23ª temporada

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

O lobo e os cães

Meu guilt pleasure mais corajoso, Twilight teve premiere do fim da saga, Amanhecer II, ontem.



Mais do que o vestido transparente da Kristen, foi o lobinho (spoiler: genro da Bella, tão bizarro!!), quem chamou mais atenção ao posar e fazer festa com o cão de um dos fãs...coisa de cachorreiro
Simpatissíssimo, né.
Quem tem carinho com os animais não pode ser má pessoa...acho detestável gente que tem ataque de frescura e não me toques com cães.
Taylor Lautner é cachorreiro mesmo, como Kristen e Robert Pattinson.

Lautner e um de seus cães




segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Campeão de terceira divisão, campeonato ilegítimo


Timinho de cariocada metida à besta, rei do tapetão. Parece que todo mundo esqueceu, inclusive a imprensa: o Fluminense nunca saiu da segunda divisão.
Recapitulando: em 1996, o Fluminense foi rebaixado para a segunda divisão, mas uma "virada de mesa" manteve o time na série A. Não adiantou e no ano seguinte, caiu de novo. Em 1998, foi parar na série C, a terceira divisão, onde foi campeão. De lá, pulou direto para a série A em mais uma malandragem típica dos times cariocas com a invenção da Copa João Havelange, em 2000. 
Vergonha. Se fosse o meu time, eu não teria coragem de comemorar.

A vergonha não é ser rebaixado. O vexame é voltar por sacanagem, falcatrua, tapetão, malandragem.
Todo time, em algum momento, é beneficiado e prejudicado por arbitragem, agenda, resultado conveniente - quando o adversário é beneficiado por derrotas provocadas. Como corinthiana, não esqueço a palhaçada que Palmeiras e São Paulo fizeram em 2010, perdendo para o próprio Fluminense para prejudicar o Corinthians.
A presença deste time sem vergonha na série A, contudo, é muito mais do que isto. É um vexame. Uma afronta à dignidade da coisa mais importante, dentre as menos importantes (citando Milton Neves).

Diferente de Palmeiras, Atlético Mineiro, Grêmio, Corinthians e Vasco, só para citar alguns dos grandes que caíram e se levantaram por mérito próprio, o Fluminense não é digno de comemorar nada.
Prontofalei.